Curta a nossa página
 
24/02/2019 às 14h53 Redação Você está aqui: Home / Gastronomia Imprimir postagem

A história das sobremesas que conquistam o paladar dos brasileiros

Os doces árabes, elaboradíssimos, geralmente feitos de nozes, amêndoas, frutas secas e mel, e aromatizantes com essências, como a de rosas e a de flor de laranja, que entraram no paladar brasileiro desde a imigração árabe no final do século XIX.

 

Um doce muito conhecido e antigo e tradicional no Oriente Médio é o Halawi (pronuncia-se raleu). Feito com mel, açúcar e bastante tahine, que é uma pasta de gergelim, o sabor deste último ingrediente é bem acentuado, assim como a doçura desta preparação. Uma variação desta receita é considerada o doce egípcio mais antigo de que se tem notícia.

 

Durante a era conhecida como "Antigo Egito" (aquela época em que o país ainda era governado por faraós) o raleu era feito com pasta de tâmaras, cardamomo e nozes picadas. Por fim, era enrolado e passado em mel, canela e pó e amêndoas torradas picadas. 

 

O gergelim, principal ingrediente do doce, sempre teve papel importante na culinária do Egito Antigo, pois era uma maneira de incrementar a alimentação. A origem destas sementes, no entanto, é ainda mais antiga e mitológica. Segundo uma lenda assíria, durante a criação do mundo os deuses se reuniram e beberam vinho feito com as sementes de gergelim. Para os hindus, elas simbolizam a imortalidade.

 

Há quase três décadas, o tradicional restaurante Arabesco, se instalou em Perdizes e trouxe sua rica cultura árabe a São Paulo. Os principais pratos oferecidos levam ingredientes de iguarias sírio-libanesas e fazem sucesso no restaurante. Entre os doces, não poderia faltar o Halawi.

 

 

 

Restaurante Arabesco - restaurante árabe, fundado em 1987, que mantém a proposta de apresentar as tradições e as peculiaridades da cozinha sírio-libanesa. Seus pratos são produzidos por meio de receitas familiares, o que cativou a fidelidade dos clientes. O restauranteur Beto Isaac tem como preocupação fazer com que as receitas sejam idênticas as de sua avó. Por isso, não altera os temperos e proporciona aos clientes, iguarias fiéis às produzidas em determinadas regiões do Líbano e da Síria. Endereços: Rua Dr. Homem de Mello, 494 – Perdizes e Av. Paulista, 1765 – Edifício Scarpa. Site: http://www.arabesco.com.br 

 

Serviço:

ARABESCO

Rua Doutor Homem de Mello, 494 – Perdizes.

Tel: (11) 3872-8164

Horário de funcionamento: das 10h às 23h – de segunda a sábado

Domingos das 10:30 às 17:00

Estacionamento gratuito

www.arabesco.com.br

Av. Paulista, 1765

Tel: (11) 3289-5664

Horário de funcionamento: das 8h às 18h - de segunda à sexta

Publicidade


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Artigos relacionados