Curta a nossa página
 
10/06/2021 às 20h38 Redação Você está aqui: Home / Cultura Imprimir postagem

Cadastros do Mapa Cultural terão nova oportunidade de obter o selo

A Prefeitura de Camaçari, por meio da Secretaria da Cultura (Secult), informa que aplicará novos selos de validação artístico-cultural no Mapa Cultural nos próximos dias. A proposta visa abrir repescagem para os profissionais da área da cultura e de eventos, considerados inaptos a requerer o benefício na primeira avaliação, ou seja, os aqueles que realizaram o cadastro dentro do prazo estipulado, que encerrou dia 25 de maio.

De acordo com a Secult, a nova oportunidade será possível mediante saldo remanescente do benefício disponível, que se deu após a peneira de vulnerabilidade executada pela Secretaria do Desenvolvimento Social e Cidadania (Sedes) identificar que, alguns trabalhadores não atendiam aos critérios determinados por lei.

Entre os problemas encontrados no momento da verificação e validação do selo, estão: a ausência de informações no ato do preenchimento no Mapa Cultural; a falta de comprovação de que é um trabalhador no segmento cultural, que é possível através de fotos, vídeos, portfólio ou materiais de divulgação de prestação de serviço; dentre outros.

A pasta esclarece ainda, que este público específico será reavaliado para recebimento do selo e posteriormente requerer o benefício com a entrega da documentação nos pontos de atendimento.

A iniciativa, que é resultado da parceria da Secult e da Sedes, prevê o pagamento no valor total de R$ 900 a serem pagos em três parcelas fixas, iguais e consecutivas de R$ 300 aos trabalhadores culturais.

Para mais informações os trabalhadores também poderão entrar em contato com secretaria através do telefone da Comissão Especial de Avaliação da Secult (CEASC) (71) 3644-9824 ou do atendimento virtual (71) 99981-7918.
 


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.