Curta a nossa página
 
26/11/2021 às 21h42 Redação Você está aqui: Home / Educação Imprimir postagem

Seduc recebeu Diego Copque no Café com Prosa nesta sexta (26/11)

O historiador, pesquisador e escritor Diego Copque foi o convidado da roda de conversa na tarde de autógrafos desta sexta (26/11), promovida pelo projeto Café com Prosa, da Secretaria da Educação (Seduc de) Camaçari. Por meio de sua obra, “Do Joanes ao Jacuípe: uma história de muitas querelas, tensões e disputas locais”, o autor dividiu, com cerca de 200 gestores e professores da rede pública municipal de educação, fatos que escrevem capítulos até então inéditos da história do município baiano.

A sala Jorge Amado do Resort Vila Galé, em Guarajuba, recebeu o bate-papo com a sessão de autógrafos. O evento também reservou espaço às obras Cadernos de Aprendizagem para Educação Escolar Quilombola e do Campo e Cadernos Pedagógicos da Educação de Jovens e Adultos (EJA), projetos autorais da rede.

Para Neurilene Martins, retomar o Café com Prosa é reforçar a formação do professor enquanto leitor, permitindo a reafirmação da escola como principal espaço para a formação de leitores. “Encontros como esse, além de proporcionar essa confraternização, traz aí um mote que é o da formação. Os professores têm direito do encontro com os livros, e hoje temos aqui uma oportunidade muito linda que é conhecer, para quem ainda não conhece, o autor Diego Copque, promovendo roda de conversa sobre a obra dele, bem como sobre os Cadernos Pedagógicos que nossa rede está produzindo”, evidenciou.

Para Diego Copque, poder dialogar com gestores e professores do município é viver uma espécie de déjà vu. “Quando o nosso trabalho se materializou como livro, eu pensei num momento como esse. Não sabia exatamente quando ele aconteceria, mas eu pensei num momento assim”, revelou, emocionado, o autor.

A mesa de abertura teve a participação e mediação da professora e secretária Neurilene Martins, com a presença do historiador Diego Copque, do professor da Universidade do estado da Bahia (Uneb), Marcio Vila Flor, e da diretora da escola Marcos Ivo Bona, professora Tamires Santos Tavares. O encontro teve participação artística do artista plástico Nilson Carvalho, e do violonista Edgar Ribeiro.  

O objetivo da iniciativa é pôr, frente a frente, autor e leitor, proporcionando aos gestores e professores da rede, experiência de formação e autoformação em torno da temática do livro, bem como da experiência na relação com o autor da obra. No evento, cada participante foi presenteado com um exemplar da publicação “Do Joanes ao Jacuípe: uma história de muitas querelas, tensões e disputas locais”.

O projeto Café com Prosa acontece desde 2017, e já teve como convidados a escritora Fátima Freire (2017) – com a obra “Quem educa marca o corpo do outro”, Ilan Brenman (2018) -  que trouxe temas diversos, e Mabel Veloso (2019) com o livro “Farol”. O projeto foi suspenso em 2020, em razão de fase aguda da pandemia da Covid-19, sendo retomado em 2021.

 


  Tags:

sem tags

Comentários

Atenção! Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião desta página, se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.